Estimativas para a safra de 2018 são ótimas para a produção de algodão herbáceo

De acordo com o segundo prognóstico relativo a safra de 2018, a produção de cereais, oleaginosas e legumes levantou expectativas de 219,5 milhões de toneladas, número 9,2% menor do que o esperado pelos especialistas. Esse número também está abaixo da safra alcançada em 2017, considerada uma excelente safra. Dentre as previsões realizadas pelos especialistas, esta é uma das menores expectativas geradas para a produção de milho, que ficou estimada em 15,9 milhões de toneladas. A soja ficou estimada em 6,8 milhões de toneladas produzidas para a safra do ano que vem.

Ainda para 2017, as estimativas até o final do ano são de que a produção de cereais, oleaginosas e leguminosas irão ser distribuídas da seguinte forma: Centro-Oeste, receberá 106,0 milhões de toneladas; Sul, irá distribuir 85,2 milhões de toneladas; a região Sudeste irá distribuir 24 milhões de toneladas; Nordeste distribuirá 17,9 milhões de toneladas e Norte, irá distribuir o menor número, 8,8 milhões de toneladas destes alimentos produzidos.

Os cinco produtos mais esperados para a safra do ano que vem que sofreram queda em comparação com 2017 são: o arroz, que poderá fechar em (-8%); o milho em grãos, que pode sofrer uma queda de (-15,9%); e a soja em grãos, que também deve ter redução, ficando em (-5,9%). Na contramão destas expectativas negativas, o algodão herbáceo e o feijão em grãos, devem ter crescimento na produção para o ano que vem, atingindo a casa dos 4,5% e 4,1%, respectivamente.

De acordo com as boas expectativas em relação ao clima esperado para a produção de algodão herbáceo ainda este ano, as estimativas são de 4 milhões de toneladas, um crescimento de 6,2% em relação ao mês de outubro deste ano. A área utilizada para a produção e a área de colheita tiveram um crescimento de 3,7%, com um crescimento no rendimento médio de 2,4%. O maior produtor de algodão herbáceo é o Mato Grosso, que traz estimativas de produção de 2,7 milhões de toneladas, que representa 66,3% da produção total prevista para 2018.

O levantamento realizado pela pesquisa mensal que realiza as principais previsões das safras e está ligada aos principais produtos do agrícolas do mercado, a pesquisa LSPA – Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, estabelece informações consolidadas entre os municípios e regiões de todo o país. Ela é realizada pela CEPAGRO – Comissão Especial de Planejamento, Controle e Avaliação das Estatísticas Agropecuárias, e são divulgadas pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.